sábado, 16 de fevereiro de 2008

Nó de gravata

Postado inicialmente em 24.05.07 às 09:08:37 em http://aguinaldocps.blog.terra.com.br
Há algum tempo conversei com um estagiário numa empresa que visitei. Ele chegou com a gravata na mão e desesperado pediu que alguém fizesse o nó, já que ele, não havia meios de aprender. Eu fiz essa gentileza.

No dia seguinte lá estava eu novamente um pouco antes das 8h. Chega o mesmo garoto com uma outra gravata na mão, já em minha direção, certo que eu o ajudaria novamente. Só que eu me neguei.

Perguntei quais eram seus objetivos profissionais e ele respondeu que estudava administração e estava no segundo ano. Repeti a pergunta alegando que eu questionei uma coisa e ele respondeu outra. Então ele me disse que pretendia trabalhar em alguma multinacional, mas que não estava descartada a hipótese de partir para o mercado financeiro.

O assunto rendeu e chegamos a conclusão que uma pessoa como ele, que estuda administração, inglês, está tirando habilitação para poder dirigir e que quer crescer tem que estar preparada para as coisas mais simples, pois não seria nada engraçado ele ser aprovado para uma vaga concorrida numa grande empresa e no primeiro dia chegar com a gravata na mão pedindo para algum novo colega fazer o nó.

Lembrando do estagiário, que sinceramente não sei por onde anda, resolvi colocar nesse artigo dois modelos de "nó de gravata". Acreditem, esse pode ser um diferencial na sua vida. Num processo seletivo com vários candidatos, em caso de empate, a decisão pode sair nos detalhes.

Para escolher o modelo melhor para você, leve em conta também o tamanho da sua gravata e a sua altura. Uma gravata deve necessariamente ficar na altura do cinto. Se a gravata ficar curta, no meio da barriga ou, ainda se a mesma ficar cumprida, abaixo do cinto, pode "ridicularizar".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar este artigo, escreva seu comentário, assinale a opção "NOME/URL" e clique em "publicar comentário".

SUA OPINIÃO, FAVORÁVEL OU CONTRÁRIA, É FUNDAMENTAL PARA MOTIVAR O BLOGUEIRO. NÃO DEIXE DE ESCREVER!