segunda-feira, 30 de junho de 2008

Solidariedade sem fins lucrativos

Em tempos onde todos estão preocupados em fazer ações sociais e divulgar seus atos de Responsabilidade com os pobres ou com o meio ambiente, apenas visando o marketing que isso pode trazer, algumas pessoas anônimas tem atos de solidariedade sem se preocupar se aparecerão amanhã no Jornal Nacional.
A história a seguir deve ter acontecido recentemente em Santos, litoral do estado de São Paulo. Provavelmente no dia 17 de junho ou alguns dias antes. E somente veio a público porque alguém fotografou e espalhou pela internet, mas sem identificar as personagens.

Dois garotos passam ao lado de um córrego e avistam um cãozinho tentando sair da água. Eles, que também não conseguiriam descer a parede de concreto, tiveram uma boa ideia.


Uma sacola térmica nas mãos...


Um pouquinho mais de esforço...

...consegui, agora me puxa!


E pelo jeito, o cachorro o cachorro nem era deles, a deduzir pela forma que continuam andando sem terem a menor expectativa de que as imagens desse ato heróico viessem a correr o mundo.


Eles fizeram algo arriscado? Sim! Um adulto o faria? Não! Se tivesse um adulto sensato junto, deixaria que as crianças fizessem isso? Provavelmente não! Mas, nos últimos anos, quando temos visto muitos "vira-latas" virarem heróis ao salvarem crianças de ataques de pit-bulls, creio que seja válido vermos dois garotos virarem heróis ao salvarem um "vira-latas".

E esse mesmo adulto sensato que não arrisca a sua vida para resgatar um animalzinho do córrego, arrisca de muitas outras maneiras muito mais banais.

Por isso resolvi publicar essas fotos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar este artigo, escreva seu comentário, assinale a opção "NOME/URL" e clique em "publicar comentário".

SUA OPINIÃO, FAVORÁVEL OU CONTRÁRIA, É FUNDAMENTAL PARA MOTIVAR O BLOGUEIRO. NÃO DEIXE DE ESCREVER!