segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

A vontade do velho é igual a vontade do novo

Foi a frase que o Cícero me disse ontem, voltando da serra. Mas deixem-me explicar melhor: nesses dias de festas, fiquei alguns dias em casa. Antes disso, o futebol de terça e sábado já havia entrado em recesso e eu estava me sentindo novamente sedentário. Daí me lembrei do Cícero.

Ele é um “irmãozão” meu, de 66 anos, que todos os dias caminha na Serra do Japi. O Cícero mora no condomínio vizinho ao que eu moro e várias vezes já havia me convidado a caminhar com ele. São 5 km, entre ida e volta, até o posto da guarda, num caminho asfaltado, mas no meio do mato. Só que eu nunca tinha ido. Num dia desses, tomei coragem e fomos algumas vezes.

O velho irmão é um pernambucano que morava em São Paulo e acabou indo pro Japão, onde, se não estou enganado, ficou por 10 anos. Depois voltou pro Brasil e foi parar lá pertinho de casa. Imaginem a cultura dele, que conhece vários países, principalmente na Ásia. Num desses dias, na volta da Serra, quando faltam uns mil metros para chegar ao trevinho final, eu caí na besteira de falar que o tempo estava bom pra correr. Ele então disse: Vamos!!!

Fomos... e o cara correu e correu bem. Imaginem só se eu cansasse e ele não! Na chegada ele me disse o seguinte: “Aguinaldo, a vontade do velho é igualzinho a vontade do novo... não muda nada”. E é isso aí mesmo, os jovens não percebem isso. Eles acham que tem que curtir a juventude e, até aí tudo bem. Porém eles pensam que é só a juventude que é possível de ser curtida e, aí é que está o erro.

Na velhice, também se pode amar, se pode fazer carinho, criar, ser inteligente, ter ambições, planejar e sonhar. É possível contruir. E quando o cara curte a juventude com inteligência, ele certamente curtirá as idades posteriores com a mesma intensidade. Porém quando o cara faz muita loucura na adolescência, acaba por comprometer a saúde futura e aí a idade chega com muito peso. Ser velho com boa cabeça e boa saúde é melhor do que ser jovem, mas ser velho pagando o preço do que fez no passado, pode ser muito dolorido.

Então é preciso entender que nossa previsão de vida é de mais de 70 anos. Então, quem sabe a juventude não é o momento ideal para prepararmos nossa vida futura?

Um abraço ao Cícero!

4 comentários:

  1. Eu nunca tinha pensado assim. Boa, gostei
    Kleber

    ResponderExcluir
  2. Fico com muito medo ao pensar que a cabeça na velhice pode "rodar", mas o preparo físico, está pior ainda. Começo 2009 com promessas de dieta e exercícios. A idéia é chegar aos 60 como seu amigo! Tomara!

    ResponderExcluir
  3. O comentário não é anonimo rsrsr Picida.
    Não disse que a cabeça já está rodando???

    ResponderExcluir
  4. Esse texto reflete bem algumas coisas que acontecem nossa vida,a gente se preocupa muito em nao envelhecer no corpo mas esquece de viver o lado bom

    ResponderExcluir

Para comentar este artigo, escreva seu comentário, assinale a opção "NOME/URL" e clique em "publicar comentário".

SUA OPINIÃO, FAVORÁVEL OU CONTRÁRIA, É FUNDAMENTAL PARA MOTIVAR O BLOGUEIRO. NÃO DEIXE DE ESCREVER!