terça-feira, 8 de março de 2011

Solução pra quem não gosta de estudar

Na verdade não há solução. Há alguns anos a gente até achava que houvesse alguma, mas na última década temos percebido que qualquer solução para a vida que não envolva a educação formal não se sustenta depois de um determinado tempo.

O reconhecimento no mercado de trabalho é gerido pela lei da oferta e da procura, ou seja, onde há mais necessidade de uma determinada mão de obra há também oportunidades para aqueles que a exercem. Então é comum que depois de um tempo, uma profissão que esteja aquecida atraia pessoas a estudarem naquela área. E se não há cursos, alguém vai detectar essa carência e vai desenvolver um curso pra isso.

Por mais que um profissional tenha aprendido algo na prática e com excelência, num determinado momento ele vai se sentir ultrapassado. Por melhor que se faça alguma coisa, alguém em algum lugar do mundo pode aprender a fazer melhor ou inovar na idéia. Ainda que alguém seja bom o suficiente para inovar sempre, para poder melhorar terá que ensinar outras pessoas e num mundo competitivo como este, ter currículo para apresentar é um grande “Quem Indique”.

Não há necessidade de ser o “CDF” de plantão e dependendo de suas aspirações ou planos, também não há necessidade de fechar todas as matérias com nota 10. Na maioria das vezes, uma formação universitária já abre chances importantes e títulos como os de pós-graduações e mestrados também impressionam as portas da vida.

Voltar a estudar depois dos 40 anos é algo que tem acontecido muito. Pessoas que passaram metade da carreira atuando pela prática em uma determinada profissão, agora tem voltado aos bancos escolares, mesmo que seja para aprender o nome que se dá àquela técnica que já usam. Fundamentar suas teorias é muito importante para liderar os mais jovens.

E que área escolher para estudar? Não precisa ser naquilo exatatamente que já trabalha. Pode escolher algo que lhe completa a nível pessoal. Se não gosta de cálculos, procure um curso que lida com gente. Se não é criativo, busque alguma coisa mais técnica ou obvia. Muitas vezes um vendedor pode fazer uma faculdade de engenharia para entender melhor o produto que vende ou um mecânico pode estudar administração para que toque melhor o departamento que quer liderar. A única coisa que não pode é desistir de aprender.

2 comentários:

  1. Muito bomm seu texto ajudou a clarear algumas dúvidas.
    Já comecei 3 cursos diferentes mas sempre acabo desistindo
    por não ter certeza se é isso que quero realmente para minha vida
    mas cheguei a conclusão que um curso superior não é só para diploma é crescemento pessoal tbm.

    Não gosto de matemática quero fazer algo na area humana
    estão na dúvida entre psicologia e direito.

    Mesmo que eu não vá trabalhar na área mas quero me formar
    quero conhecimento...

    ResponderExcluir
  2. duas profissoes que nao requerem muito estudo, apenas curso profissionalizante: vigilante e bombeiro civil.

    ResponderExcluir

Para comentar este artigo, escreva seu comentário, assinale a opção "NOME/URL" e clique em "publicar comentário".

SUA OPINIÃO, FAVORÁVEL OU CONTRÁRIA, É FUNDAMENTAL PARA MOTIVAR O BLOGUEIRO. NÃO DEIXE DE ESCREVER!