quinta-feira, 12 de julho de 2012

Vamos gerar Network?

Para um cara tímido, como é o meu caso, fazer network é um desafio. Afinal a timidez faz a gente fugir de confrontos, tentando não mexer muito naquilo que está quieto e preferencialmente não ser notado. Quando eu falo aos meus amigos que sou tímido, eles riem, acham graça e, normalmente me interrompem com a seguinte pergunta: "você tímido? Aonde?" E eu sustento que de fato sou uma pessoa com um certo grau de timidez, pois tenho dificuldade em me lançar a conversar sem um motivo ou razão. É óbvio também que conheço algumas técnicas de comunicação e isso compensa meu lado introspectivo, justamente por isso eu me saio bem nas conversas por aí, mas isso nem sempre foi assim.
 
Entrei nesse assunto para afirmar a importância do network para um profissional que ambiciona sucesso. Hoje, a maioria dos negócios são fechados com base numa indicação ou num relacionamento prévio. Ter bastante gente no nosso rol de amizade é fundamental para que as oportunidades surjam e quando elas surgem, sempre tem alguém com quem podemos contar, tirar dúvidas ou abrir acessos. A prática do "relacionamento profissional" é algo completamente diferente do tal "tráfico de influências" que a gente vê por aí, afinal o objetivo disso não é furar filas, receber informações privilegiadas ou buscar uma vantagem ilícita em alguma coisa. Ao contrário, a intenção é simplesmente facilitar a procura de um cliente, parceiro ou fornecedor.
 
Da mesma forma que pedimos ao nosso vizinho a indicação de um médico ou advogado de confiança, podemos também ser a indicação de um colega para alguém que está precisando daquilo que nós fazemos. Ter muitos amigos é fundamental para isso e o conceito da palavra "amigo" pode ser diferente nos diversos entendimentos de diferentes pessoas. Para uns, amigo é aquele cara que frequenta sua casa, sabe o nome do seu cachorro e viaja com você. Para outros, amigos são todos aqueles com quem se mantem um bom relacionamento. A minha definição da palavra amigo é uma mistura das duas coisas, pois se mantenho um bom relacionamento com alguém, se o considero um sujeito digno e honesto, o que me impede de convidá-lo para um almoço de domingo? Estreitar relacionamentos é sempre uma coisa boa.
 
O argumento de alguns, que dizem que restringem as amizades por medo de se decepcionarem, é algo não muito fundamentado, afinal podemos ter diversos níveis de amizade entre os nossos contatos. Podemos ter pessoas que são para todas as horas e também aqueles com quem mantemos um pouco mais de formalidades, mas o importante é que eles estão lá, na nossa lista, no nosso banco de dados. Não há necessidade de restringir o facebook para apenas uma dezena de pessoas sob alegação de que são seus amigos "de verdade", pois para os seus amigos de verdade não precisaria ter facebook, ou seja, você tem os seus números de celular decorados e fala com eles uma vez por semana. O network é algo mais... é dar a oportunidade de uma pessoas a quem você conheceu ontem, tornar-se hoje seu melhor parceiro.
 
Participar de grupos na igreja, no sindicato, no clube, na faculdade ou na empresa é uma boa forma de abrir a sua vida para conhecer pessoas interessantes. Se relacionar com gente que tem opiniões diferentes, outras profissões e religiões distintas, também é saudável para que você saia da sua caixinha de fósforo e do seu mundinho. Guardar aquele cartãozinho de visitas que você recebeu naquela reunião da "Associação Comercial" é tão útil quanto perguntar pra sua avó quem é a costureira de confiança dela, afinal, começar uma conversa ao telefone dizendo "eu estou aqui com o seu cartão" gera uma coisa chamada "acesso" e se você se lembrar aonde o recebeu, terá mais acesso ainda. Eu tenho minha caixinha de cartões. Sempre que os recebo, anoto no próprio cartão o dia e local que conheci aquela pessoa. Diversas vezes precisei usar e sempre fui melhor atendido por aqueles com quem eu já havia tido algum contato.
 
Conheço pessoas que mudaram de emprego, conseguiram clientes, ingressaram em cursos e até abriram  empresas com base numa simples troca de cartões. Em 2006 comentei um artigo na internet de uma tal "jovem de 50 anos"... tempos depois eu já trocava diversas mensagens com esta pessoa até que, através dela, fui convidado a escrever  para uma revista eletrônica em Ibitinga. Outro caso aconteceu no ano passado, quando conheci um senhor no posto de gasolina enquanto aguardávamos o abastecimento de nossos carros. No final da breve conversa, ele me deu o seu cartão e eu devolvi meus dados através de um despretensioso e-mail no dia seguinte, onde ofereci o link deste blog. Três meses depois ele me respondeu a mensagem no mesmo e-mail, contando que acompanhava o blog semanalmente e me convidando para dar uma palestra em sua empresa.
 
Se você não faz network, SEGURAMENTE ESTÁ PERDENDO NEGÓCIOS.

9 comentários:

  1. Sensacional!!! Caiu como uma luva.
    Abcs
    Daniel Weber

    ResponderExcluir
  2. Excelente!
    Para nós, prestadores de serviço, a prática é fundamental e vital para os negócios. Para nós somente a indicação gera retorno e, para sermos indicados...
    Abraços!
    Claudia Hespanha

    ResponderExcluir
  3. Grande Guina,
    Muito Bom. O texto me fez lembrar de um tal de Beto. Camarada bom prá fazer Network. Parabéns pelo excelente texto.
    Abraço,
    Beto.

    ResponderExcluir
  4. Vamos sim! Acredito que o Network (com dicernimento!) é uma poderosa ferramenta para as realizações profissionais de muitas pessoas e mais, aumentar e melhorar nosso network deve ser parte do plano estratégico de negócios. “Quando você possui ideias pairando em sua mente tenha coragem de falar... procura as pessoas certas, pois se você não suas intenções, ninguém poderá ajudá-lo. Muitas vezes, as pessoas que podem te encaminhar rumo ao sucesso estão bem a sua frente, todavia, como poderão ajudar se não sabem dos seus intentos?” Estas palavras foram proferidas numa aula que tive na graduação, referente a disciplina de Administração e Organização. Até hoje tenho profundo agradecimento pelas ricas orientações transmitidas pois foram estas que me impulsionaram a ter coragem de falar sobre minhas ideias e hoje usufruo dos frutos da realização das mesmas. Por colecionar palavras chave ou frases importantes, a frase que mais apreciei no blog foi: “O network é algo mais...” As vezes isto acontece das formas mais inusitadas. Certa vez, precisei comprar um livro muito caro somente para poder citar uma pequena frase contida em um dos capítulos, escrita por meu orientador. Muitas vezes me perguntei o que estava fazendo ao lembrar de tamanho investimento... Quando a encomenda chegou e vi a capa percebi que existia algo mais do que a simples necessidade de referência. Embora se tratava de Administração de Clínicas e Hospitais, toda a abrangência do conteúdo também foi um dos meus construtores e organizadores de caminhos mais fascinantes que pude vivenciar. Uma pessoa, um cartão, um flayer, um livro... um blog!...sempre passam por nós como formas diversas de portais para o sucesso, um mundo de infinitas possibilidades corporativas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ter Harumi Falanga como leitora só valoriza este blog.

      Excluir
  5. Muito boa a mensagem que você quis transmitir.Parabéns..

    ResponderExcluir
  6. Muito legal e instigante Aguiinaldo. Parabens camarada.

    Marco Aurelio Bernnardes

    ResponderExcluir
  7. João Roberto Nadalin17 de julho de 2012 11:05

    Parabéns Aguinaldo, porque limitar a amizade???? não é? como você mensionou nas entre linhas, amizade não ocupa espaço e mais que um negocio pode ser um grade pazer, quando chegamos em algum lugar e encontramos um amigo é sempre motivo de festa.

    ResponderExcluir
  8. Oi Aguinaldo
    Bela avaliação. Eu estava precisando ler isso...
    Atravesso uma fase pessoal de certo isolamento...
    Preciso rever meus conceitos..
    Te convidei para uma palestra tambem lembra? não deu para vc vir, mas não faltara oportunidade, com certeza
    Vc é uma das melhores descobertas da internet

    ResponderExcluir

Para comentar este artigo, escreva seu comentário, assinale a opção "NOME/URL" e clique em "publicar comentário".

SUA OPINIÃO, FAVORÁVEL OU CONTRÁRIA, É FUNDAMENTAL PARA MOTIVAR O BLOGUEIRO. NÃO DEIXE DE ESCREVER!