sábado, 8 de março de 2014

Abrindo o nosso Baú

No dia Internacional da Mulher, o Blog “Crônicas Corporativas” traz uma entrevista com a Palestrante Regina Baú. Ela é Master em PNL, Master Mind e especialista em desenvolvimento pessoal e profissional. Regina conta que começou a usar seu Baú quando era Guia de Turismo e, como havia mais de uma Regina, adotou o seu sobrenome... Só aí se deu conta que abriu um baú de recursos que sempre teve, mas que antes era motivo de bulling. “Na adolescência, as pessoas brincavam com meu nome e eu tinha vergonha por causa do Baú do Silvio Santos. Hoje brinco, digo que ele ficou com o Baú do dinheiro, mas eu fiquei com o Baú da felicidade”.

Para entender como a mudança de postura pode levar uma pessoa ao sucesso, batemos um papo com ela e as respostas foram significativas. Acompanhe a entrevista:

CRÔNICAS: Como você se interessou por uma profissão em que o seu produto é falar com as pessoas?

REGINA: Eu sempre gostei de ajudar as pessoas, seja ouvindo, aconselhando ou emitindo mensagens provocativas que geram mudanças nas pessoas. No inicio, minha primeira escolha foi ser professora, que também gera mudanças. Depois de 18 anos lecionando, decidi mudar de profissão, pois senti que tinha cumprido minha missão. Veio uma grande superação e um novo desafio, ser Guia de Turismo. Nessa profissão também ajudei sem saber.

CRÔNICAS: A profissão de professora te trouxe algum incomodo? Detectou que algo precisasse ser mudado?

REGINA: Trouxe tanto incomodo (os métodos utilizados na época, não estimulavam o aprendizado), que mudei de profissão. Mas eu não reclamei da vida, nem das doenças... apenas abri meu "Baú de Talentos" e fui descobrindo o quanto poderia fazer pelos outros e também por mim.

CRÔNICAS: Antigamente, a profissão da mulher era restrita a algumas poucas opções que o homem não gostava de fazer, como o magistério. Hoje vemos mulheres assumindo presidências de grandes empresas e até de potências mundiais. O que mudou?

REGINA: A mulher descobriu que é inteligente, que pode superar as amarras familiares, culturais, e chegar onde desejar. Por isso pilota aviões, dirige países e grandes corporações. Assim conquistou seu espaço, sem deixar de ser mulher. Na verdade, ela se libertou, usa a liberdade para aprender, temos muitos exemplos de mulheres que se destacaram e muitas que ainda serão reconhecidas pelos seus trabalhos, como foram Joana D'Arc, Madre Teresa de Calcutá, Maria da Penha, Zilda Arns e tantas outras.

CRÔNICAS: E você, em seu trabalho, em suas palestras, sente que colabora com isso?

REGINA: Com certeza! Como sou exemplo vivo de superação e conquistas, sinto que as participantes de minhas palestras e cursos, saem motivadas para as mudanças e o reconhecimento vem através de feedbacks emocionantes. Isso me faz uma mulher feliz, realizada e extremamente motivada a continuar a minha Missão de Vida!

CRÔNICAS: As mulheres ainda precisam superar algum "calcanhar de Aquiles" para se equipararem no mercado de trabalho ou é apenas mais uma questão de tempo?

REGINA: O "calcanhar de Aquiles" creio que seja o reconhecimento financeiro pelo nosso trabalho e, quem sabe, alguns machistas perdidos no tempo... (risos). Como o passar dos anos está gerando grandes mudanças, acredito que é questão de tempo.

CRÔNICAS: Como as mulheres podem superar esses últimos desafios? Com confrontos ou com habilidade?

REGINA: As mulheres podem superar tudo, desde que aprendem a se respeitar e a se dar ao respeito, a usarem empatia, educação, bom senso, transparência em ser o que são. Lembre-se, “CADA UM TEM UM BOM MOTIVO PARA SER O QUE É". O poder das mulheres está em ser MULHER. Força é para os homens... Nós, mulheres, nascemos com o amor incondicional de proteger, sendo ou não mães. Eu, por exemplo, não sou mãe e tenho o dom de amar, acolher, cuidar porque sou mulher. Os homens dão outro tipo de proteção.

CRÔNICAS: O que mais tem de tão valioso no Baú de cada um?

REGINA: Em nosso Baú guardamos tesouros, que são talentos, e subsídios para superarmos os desafios quando eles surgem. Não escondo nada, meu baú é forte e transparente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para comentar este artigo, escreva seu comentário, assinale a opção "NOME/URL" e clique em "publicar comentário".

SUA OPINIÃO, FAVORÁVEL OU CONTRÁRIA, É FUNDAMENTAL PARA MOTIVAR O BLOGUEIRO. NÃO DEIXE DE ESCREVER!